Um dos setores que mais precisou se reinventar em 2020, o segmento de Comidas e Bebidas trouxe mais de 42 mil citações nas redes sociais logo no primeiro mês de 2021, um volume 8% menor quando comparado com o ano anterior.

Confira o que os brasileiros comentaram sobre nas redes sociais neste post.

Quem influenciou as conversas?

Imagem 1: Gráfico de Ranking AAA de Influenciadores do War-Room STILINGUE
  1. Nutricionista Patrícia Leite: a nutricionista compartilha principalmente receitas e dicas de alimentos que apoiam uma vida mais saudável (que auxiliam a diminuir pressão arterial ou diminuir dores musculares, por exemplo).
  2. Culinária em Casa: o canal foca em receitas práticas e rápidas para o dia a dia. Luciana mescla também no discurso uma abordagem religiosa.
  3. Cleo Alves: grande parte das receitas compartilhadas por Cleo trazem opções para quem tem restrições alimentares – opções sem gluten, sem lactose.
  4. Lar Doce Sal: é um canal com apelo para pratos caseiros simples e práticos de serem replicados no dia a dia.
  5. Delícias da Cris: focado em sobremesas, o canal destaca opções de confeitaria, doces e bolos decorados.
  6. Diva aos 50: o canal de Maria da Paz traz dicas para um envelhecimento saudável, com receitas simples e rápidas, produtos naturais e dicas práticas.
  7. Dieta na Prática: canal com dicas de dietas com foco, principalmente, em emagrecimento.
  8. Vegan and Colors: Ana Cristina conta, através da sua experiência pessoal, como é ter uma alimentação baseada em plantas. Ela compartilha receitas nutritivas veganas com ingredientes saudáveis.
  9. Ju Tollayne: sem uma temática fixa, o canal de Ju Tollayne acompanha o dia a dia da youtuber e atividades caseiras como compras, limpeza, cozinha, construções e etc.
  10. Marcyah Cozinha Positiva: truques e dicas para receitas práticas com foco na comida da família.

Influenciadores x Termos

Imagem 2: Gráfico de Influenciadores x Termos do War-Room STILINGUE

É clara a predominância do Youtube entre os principais influenciadores que comentam sobre o segmento de Comidas e Bebidas.

Ana Maria Braga surge como o único perfil com atuação significativa na rede Facebook.

Entre os assuntos e preocupações mais identificadas nas narrativas de influenciadores estão:

  • Quantidade de açúcar nas receitas e preocupação com diabéticos (4%)
  • Opções Low Carb (4%)
  • Facilidade (<1%) e rapidez (3%) para elaboração
  • Dicas e ingredientes que aumentem imunidade (4%)
  • Opções para incrementar o café da manhã (<1%)

Aprofundando nos temas mais mencionados

Em janeiro de 2021, análise dos conteúdos mais frequentes percebe-se que os principais interesses dos internautas recaíram sobre:

  • Sobremesas (14,5%)
  • Receitas (14,5%)
  • Alimentação vegana (8,8%)

Frente ao cenário apresentado em 2020, que trazia:

  • Alimentação vegana (11,9%)
  • Sobremesas (9,9%)
  • Bebidas industrializadas (8,3%)

Ganham relevância, assim, marcas como Starbucks (24,3%), Kopenhagen (5,2%) e Heinz (3,6%), as 3 mais citadas no período.

Autor

Camila Harumi é formada em jornalismo e está no mercado de comunicação digital desde 2013. Traz experiências com gestão e capacitação de equipes, e já atuou como BI, CM, redatora e com Social Listening, principalmente em gestão e prevenção de crise de imagem. Participou também de projetos como eleições presidenciais 2014 e Olimpíadas.

Escreva um comentário