Entenda como a Coruja cresce dentro da STILINGUE

Ao ingressar em uma startup, é natural que o crescimento nos motive ao desenvolvimento profissional. Criar um plano de carreira tradicional é bastante difícil no contexto de um negócio que está em constante mudança. Ao mesmo tempo, entendemos que a criação de possíveis caminhos é essencial para que cada Coruja entenda como se movimentar e crescer na sua carreira. 

Na STILINGUE, entendemos que as Corujas possuem um papel de protagonismo na definição do seu plano de voo (como chamamos o mapa de possibilidades de cargos dentro da Sti). Ao invés de seguirmos um modelo tradicional, buscamos um modelo centrado no crescimento da Coruja, que forneça suporte para cada uma no tipo de carreira que queira seguir. Há inúmeras possibilidades e combinações de traçados possíveis pelo ninho! 

Conceito de Carreira

Vamos lá! Quando você leu essa pergunta você já imaginou aquela progressão linear e estruturada, aquela que sempre ouvimos nossos familiares comentar, certo? O famoso plano de carreira, onde os requisitos para a ascensão eram estabelecidos e o sucesso era medido pelo crescimento vertical na hierarquia da empresa. 

Bom, aqui na STILINGUE, enxergamos a carreira como uma grande jornada, onde a Coruja identifica quais são as oportunidades que agregam valor para a sua trajetória. A STILINGUE dará um mapa de possibilidades e muito apoio ao longo do processo, mas cada Coruja decidirá o seu caminho. O traçado não necessariamente vai ser linear e estruturado. Nossa organização é um organismo vivo, e, com isso, acontecem constantes mudanças, que geram novas possibilidades para sua carreira. 

Para muitas pessoas, carreira significa a parte da vida que se preocupa com o emprego. Do ponto de vista ocupacional, significa a soma total dos vários empregos que você pode ocupar durante sua vida. No entanto, essas definições não captam totalmente o significado de carreira. Gostaríamos que pensasse na carreira de uma forma mais ampla e abrangente. Pense nas decisões que você toma sobre um emprego ou curso superior como componentes valiosos de um processo vitalício. Quando vista dessa maneira, a carreira inclui tudo relacionado ao seu desenvolvimento profissional. Sua única carreira pode incluir uma variedade de caminhos diferentes.

Mapa de Possibilidades

Já sabemos que carreira na STILINGUE não é apenas o cargo ou a área que determinada Coruja ocupa. Entretanto, o cargo e a área fazem parte das escolhas de carreira, por isso, desenvolvemos um mapa de possibilidades chamado de Plano de Voo, onde a Coruja tem diversos caminhos a seguir para chegar no mesmo destino final. Alguns caminhos são mais longos que outros. Pode-se mover lateralmente e até mesmo para baixo, antes de mover-se acima.

Dentro do Plano de Voo, a Coruja pode ter crescimento e progressão em duas vertentes principais: a de gestão e a de seguir para um caminho de especialista técnico(a).  Nem todas as Corujas possuem o perfil ou desejo de seguir para uma linha de gestão. Nem todas as Corujas possuem o perfil ou desejo de seguir para uma linha de especialista. Proporcionar e reconhecer tanto o  crescimento técnico quanto o de gestão é uma forma de estimular todas as Corujas

Apoio no Processo

A carreira das Corujas não é o ponto final e sim a jornada. Para apoiar nosso ninho em suas escolhas de carreira, desenvolvemos um documento chamado de Competências de Sucesso, onde as bases para avançar são uma demonstração constante de comportamentos e habilidades, e não apenas resultados. Dessa forma, temos um modelo verdadeiro de desenvolvimento profissional: indo além do que você fez, para que tipo de habilidades você adquiriu e como realizou esse processo.

As competências de sucesso são universais para todas as áreas, mas, para cada função, existem também outras competências específicas que devem ser levadas em conta. Essas competências fornecem uma estrutura que fomenta a conversa entre líderes e colaboradores, mas não dá uma receita detalhada de como lidar com qualquer situação particular. Portanto, as respostas não são intencionalmente claras e documentadas.

Além do apoio institucional pelo time de People e lideranças, as Corujas se apoiam mutuamente para construção de seus planos de voos dentro do ninho. No final deste ano, o Ricardo Silvino (Coruja da área de Atendimento) orquestrou o projeto Voa Talks com o intuito de chamar Corujas referências em suas áreas para falar sobre seus desafios de trabalho e dar dicas de como construir possibilidades de carreira. 

Ações como essas fogem do que é previsto institucionalmente e passam a ser reflexo de uma cultura forte em desenvolvimento e cuidado com as Corujas e com o Ninho. Até porque entendemos que a carreira vai muito além da jornada das pessoas dentro da empresa. Desenvolvimento profissional é algo que as corujas levam em suas trajetórias de vida, por isso não existe receita pronta.

Acredita que um ambiente assim é o que você busca para se desenvolver? Que tal ser uma Coruja? Confira aqui as vagas que temos abertas: https://stilingue.breezy.hr/

Autor

Psicóloga por formação, mestre em Engenharia e Gestão do Conhecimento, aspirante à cozinheira e apaixonada por pessoas. Encontrou seu espaço em locais onde o desenvolvimento das pessoas é valorizado. Atualmente, transita entre áreas de Business Partner e People Development na Stilingue, com o intuito de ajudar as Corujas a alcançarem um crescimento exponencial em suas carreiras.

Escreva um comentário