Drops do Mercado | Maio 2020

A empresa Meliuz batizou o dia 29 de maio como o Dia do Cashback, quando as lojas oferecerão cupons com um retorno maior do que o costume para clientes que realizarem compras. O que será que os consumidores estão comprando para conseguir dinheiro de volta? E o que compram com o cashback?

Período: 01/03 – 25/05
Gráfico de termos relacionados do Radar STILINGUE
Como ler o gráfico: os termos do centro são os mais conectados com a comunidade, mas suas extremidades contam diferentes histórias. Já o tamanho dos círculos indicam a relevância dos assuntos nas discussões

Podemos encontrar as marcas mais utilizadas para o cashback em conjunto com o termo “comprar”; PicPay 17%, Ame Digital 16%, Meliuz 11% e BancoInter 6%.
E um combo relevante que aparece é o frete grátis que parece deixar os consumidores ávidos para mais descontos e são de categorias variadas, como por exemplo, produtos de beleza, tênis, capsulas de café e cafeteira.

Publicações coletadas do War-Room STILINGUE

E quando ganham o dinheiro, no que investem?
Livro é um dos itens que aparece com recorrência assim como tênis, cadeira e até parte do pagamento de uma bicicleta.

Publicações coletadas do War-Room STILINGUE

Considerações: Monitorar o comportamento dos consumidores nas redes sociais, entender como os consumidores estão aderindo ao cashback e identificar a tendência desta facilidade, são passos fundamentais para os varejistas se posicionarem para capturar esses clientes, que podem inclusive utilizar o cashback em compras futuras no próprio varejista, criando assim possibilidade de reter e fidelizar o cliente.


Autor

Pâmela Gonçalves é formada em Relações Internacionais e trabalha com pesquisa de mercado desde 2011, quando começou sua carreira na indústria de bens duráveis. Como parte da sua jornada já trabalhou em instituto de pesquisa e traz experiência de diversos setores do mercado e atualmente atua como BI aplicando o social listening para capturar as mais variadas tendências.

Escreva um comentário