As criptomoedas são moedas exclusivamente digitais que independem de governos, economias ou empresas para regular este mercado. Em outras palavras, as criptomoedas são o  dinheiro da internet.

O Bitcoin foi a primeira criptomoeda criada em 2008 pelo desenvolvedor Satoshi Nakamoto. 

Em fevereiro de 2021, a moeda atingiu marca de alta histórica chegando a valer cerca de R$318 mil.

Análise de picos

Imagem 1: Gráfico de Evolução no Tempo do Radar STILINGUE

Ao pesquisarmos os termos bitcoin ou bitcoins em ambiente digital nos últimos 365 dias, percebe-se uma alta de 207% de publicações entre março de 2020 e fevereiro de 2021.

Neste período ocorreram dois picos principais:

Imagem 2: Gráfico de Evolução no Tempo do Radar STILINGUE (Período Out/2020 – Pico 20 de outubro 2020)

A primeira alta é encontrada no período entre setembro a novembro de 2020 onde houve um aumento de 115% do número de citações de bitcoin nas redes.

Nele, é possível identificar ação impulsionadora da marca PayPal com anúncio sobre novo modelo de negócios com aceite de transações em criptomoedas. A notícia levou também à alta e valorização da moeda.

Imagem 3: Gráfico de Termos Relacionados do Radar STILINGUE
Imagem 4: Gráfico de Evolução no Tempo do Radar STILINGUE Período Fev/2021 (Pico 08 de fevereiro de 2021)

Já em 08 de fevereiro de 2021, o novo aumento sobre o assunto foi influenciado por citações à marca Tesla e ao seu fundador, Elon Musk.

Imagem 5: Gráfico de Termos Relacionados do Radar STILINGUE

Foi possível entender que o segundo homem mais rico do mundo, através de sua empresa automotiva e de armazenamento de energia Tesla, fez um investimento de US$ 1,5 bilhões de dólares em Bitcoins o que fez com que a criptomoeda valorizasse e atingisse mais um recorde histórico.

Bitcoin em números na rede 

Durante o período analisado sobre o que os internautas estavam falando de “bitcoins”, o canal mais utilizado foi o Twitter (58%), seguido de comentários pelo Facebook (13%) e portais (12%). 

Imagem 6: Representatividade na internet dentro do Radar STILINGUE

Ao mesmo tempo, o gênero com mais publicações sobre “bitcoins” foram os homens (63%), em segundo organizações (30%) e por fim as mulheres (7%).

Imagem 7: Gráfico de distribuição por gênero do Radar STILINUGE

Quando damos um zoom em organizações, vemos que os principais publicadores do tema “bitcoin” são jornais de circulação nacional que tratam sobre o tema em suas matérias.

Imagem 8: Principais Publicadores do Radar STILINGUE

Conclusão

Notamos que a valorização das criptomoedas está sendo contínua. Entre janeiro de 2020 a fevereiro de 2021, o preço do Bitcoin apresentou uma valorização de mais de 392% , já que a mesma iniciou o ano de 2020 valendo R$ 39 mil reais e um dia após o anúncio do investimento bilionário da Tesla, passou a valer R$ 250 mil reais.

Ao realizarmos buscas sobre esse tema, conseguimos perceber a importância deste monitoramento já que as Bitcoins estão valorizando em curto espaço de tempo e a internet claramente se movimenta junto com o mercado financeiro.

Essas buscas e atualizações auxiliam as marcas a encontrarem meios de acompanhar essa crescente e entender os motivos das altas dessa criptomoeda.

Autor

Camila é mineira e possui um dos vícios mais comuns de todos: café e pão de queijo. Em seu tempo livre gosta de fazer trilha, ler e ir a shows. Nasceu em Conselheiro Lafaiete - MG, foi lá que cursou Direito. Hoje é uma das integrantes do time de Atendimento ao Cliente da Stilingue, lugar perfeito para exercitar sua excelente comunicação e empatia. Afinal, o interesse dela está em ouvir e ajudar as pessoas.

Escreva um comentário