Dia dos namorados…cada um tem a sua história.

O garoto popular que se apaixona pela menina quietinha e estudiosa.

Ou uma declaração de amor cantada na quadra da escola, com direito até a bandinha.

Seja por todas as comédias românticas que crescemos assistindo, ou pelos clássicos da literatura que lemos, ou até mesmo pela história de como seus avós se conheceram, o dia dos namorados é uma das datas comemorativas mais aguardadas do ano.

Assim sendo, em 2019 o volume de menções ao dia dos namorados registrou crescimento considerável à medida que se aproximava do mês de junho. Enquanto em maio registrou-se uma média de 1,5 mil publicações sobre o assunto por dia, este mês, a média superou 20 mil por dia

Sobretudo, as mulheres foram responsáveis pela maior parte destes conteúdos (66%). Os homens, por sua vez, representaram 29,5% da amostra. Seguidos por marcas e organizações com 4,2% do público ativo.

Mas será que, da comemoração de seus bisavós até hoje, muita coisa mudou?

Às vezes, você não é tão adepto da grande e apaixonante declaração de amor? Talvez prefira buquês de flores ou caixa de bombons? Ou será que, simplesmente, essa tradição ficou pra trás?

Referências sobre o dia dos namorados

Neste ano, referências à flores não somaram 1%. Entretanto, mesmo não sendo o grande destaque, se você ainda for do time dos românticos incuráveis, a dica é investir nas tradicionais rosas vermelhas, gardênias ou até mesmo suculentas.

Já sobre os chocolates, com 2,4% das referências, é encontrado de todas as formas – fondue, bombom, trufa, torta, bolo. Um grande clássico que, portanto, não sai de moda!

E, talvez, ele venha acompanhado de um jantar romântico (2%) em casa, em um restaurante famoso da cidade ou… em um estádio de futebol.

O SC Corinthians Paulista ofereceu a Noite dos Fiéis na Arena Corinthians com direito a, claro, entrada, primeiro prato, prato principal e sobremesa. Mas também com a presença do jogador Basílio e transmissão ao vivo de jogo no telão.

E, por falar nos fãs de esportes, além do time paulista, o rubro-negro Flamengo também incentivou seus torcedores a adquirirem produtos do clube para a comemoração: camisas, jaquetas, bonés, chinelos.

É o que dizem: casal que frequenta estádio juntos, permanece juntos. 

De qualquer forma, de times ou não, artigos de moda foram os líderes da data (12%): roupas, acessórios (principalmente joias e semi joias), sapatos, lingerie e bolsas/carteiras são o top 5 revelado. 

Gráfico 1: Ranking AAA de Influenciadores do War-Room STILINGUE dia dos namorados
Gráfico 1: Ranking AAA de Influenciadores do War-Room STILINGUE

Presentes para a data

Surpreendentemente, para esse segmento, calçados trazem 3 dos 10 perfis mais influentes: as marcas DakotaAnita Shoes e Capodarte.

Assim, juntamente com Dakota, o shopping Anália Franco, zona leste de São Paulo, e a loja de departamentos Havan registraram os maiores índices de engajamento nas publicações.

Enquanto isso, DeMillus e DuLoren ficaram na terceira e sétima colocação sendo as representantes do segmento de lingeries.

O e-commerce Dafiti (8º) é o maior destaque em afinidade e fit com a data.

Renner finaliza o top 10, simbolizando as fast fashion.

Gráfico 2: Gráfico de Termos Correlacionados do War-Room STILINGUE dia dos namorados
Gráfico 2: Gráfico de Termos Correlacionados do War-Room STILINGUE

Acertar na escolha do presente é sempre essencial e, às vezes, pode ser uma tarefa árdua. Por isso, pensar nos “modelos” e “cores” que combinem com o estilo do parceiro, “conforto” das peças e, claro, aquele “preço” camarada com variadas formas de pagamento estão entre as preocupações mais encontradas.

Gráfico 3: Gráfico de QUANDO estão falando do War-Room STILINGUE dia dos namorados
Gráfico 3: Gráfico de QUANDO estão falando do War-Room STILINGUE

Sendo assim, segundo levantamento do SPC Brasil de 2019, o gasto médio dos brasileiros no dia dos namorados será inferior ao dos últimos dois anos. E, se você estiver dentro desta estatística, saiba que entre às 12h e depois das 17h às 19h são os horários de ouro de promoções e descontos para a data.

Por fim, se você também ficou curioso sobre o que não estão falando no dia dos namorados, repare que eletrônicos e viagens, por enquanto, ficaram para a listinha de 2020.

Autor

Camila Harumi é formada em jornalismo e está no mercado de comunicação digital desde 2013. Traz experiências com gestão e capacitação de equipes, e já atuou como BI, CM, redatora e com Social Listening, principalmente em gestão e prevenção de crise de imagem. Participou também de projetos como eleições presidenciais 2014 e Olimpíadas.

Escreva um comentário