A pandemia trouxe uma reviravolta no dia a dia das pessoas. Atividades que antes eram consideradas simples, como ir ao supermercado viraram uma saga banhada de álcool em gel, máscaras e banho de álcool em sacolas de compras.

Junto à mudança de rotina, um termo muito importante ficou em evidência, o autocuidado. Esse termo que vinha ganhando força ao passar dos anos, se tornou um dos métodos eficazes para preservar a saúde mental nestes tempos de instabilidade.

Autocuidado se resume ao conjunto de ações que cada um exerce para cuidar de si e com isso promover uma melhor qualidade de vida. O autocuidado é um ato de carinho consigo mesmo, é a manutenção de sua própria saúde e bem-estar, e é um hábito que promove o amor próprio, a autoestima e a saúde. 

Reservar um momento do seu dia para cuidar de si mesmo é uma forma terapêutica de tratar do corpo e da mente. Em momentos de pandemia, que tal parar um pouco para cuidar de nós?

Muitas são as formas que as pessoas encontraram de desenvolver o autocuidado em tempos de pandemia e, entre elas, temos o Skincare, que na tradução literal do inglês significa “cuidados com a pele”, este termo fala sobre um conjunto de hábitos e rotinas feitas no dia a dia em busca de obter uma pele saudável.

Já não é novidade que o assunto Skincare entrou em ascensão desde o início do isolamento social, tendo um aumento da venda de produtos de cuidados com a pele cresceu 21,9% no ano passado, segundo dados divulgados pela ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal).

Pensando no cenário de ascensão do tema autocuidado, usamos a STILINGUE para trazer alguns insights  e entender o que é falado e qual é  e o perfil dos publicadores das redes sociais sobre o assunto.

Quem está falando?

Foram analisadas 300.530 publicações, entre os dias 01 de dezembro de 2020 a 16 de maio de 2021, onde foi possível notar que o assunto é predominante entre as mulheres 72%, em relação aos homens que correspondem a 27%, seguidos pelas organizações com 1,1% das publicações.

Quanto aos perfis que mais falam sobre o tema, temos em destaque marcas de cosméticos e digital influencers como parte das páginas que possuem o maior alcance quando o tema é Skincare. 

Figura 1: Gráfico de Ranking AAA de influência 

Onde estão falando?

A rede social em que mais se fala sobre Skincare é o Twitter, alcançando um percentual de 86%  em relação aos outros canais como o segundo lugar, Youtube com 4,4%, seguido pelos portais com 3,1%, Facebook 1,4% e Instagram 2,8%.

No Twitter, os termos relacionados mais falados variam entre dias da semana, dia e noite, cabelo, rosto e unhas e o termo amiga também aparece, sugerindo que essa prática de autocuidado pode ser uma troca divertida entre amigas ou num momento a sós.

Figura 2: Termos relacionados

Sobre o que estão falando?

Dentre as buscas mais realizadas no universo de Skincare, os termos que mais aparecem são facial, pele, maquiagem e protetor solar.

Figura 3: Gráfico distribuição por buscas

Dos assuntos mais falados nas redes sociais, estão os formatos dos produtos, maquiagens em geral, protetores solares e componentes ligados aos produtos de Skincare.

Figura 4: Gráfico distribuição por temas

O protetor solar, ganha destaque em todas as buscas, com diferentes fatores de proteção, além de proteger contra o sol, previne o envelhecimento precoce da pele e surgimento de manchas, e doenças como câncer de pele, sendo um passo muito importante na rotina diária de Skincare. Como diria Pedro Bial, “use filtro solar!”.

O aumento da procura dos termos componentes, tratamentos e tipos de pele  é um sinal de que as pessoas estão procurando entender qual o melhor produto para cada tipo de pele e quais componentes precisam ter em cada produto. O usuário de Skincare pesquisa e sente a necessidade de obter maiores detalhes sobre o produto que está adquirindo para sua rotina de cuidados.

Explorando mais a fundo a presença desses termos, é possível perceber que não só marcas estão sendo citadas como também produtos e componentes; com uma diversidade de produtos é possível reparar que Hidratante, Sabonete, Tônico e Protetor Solar estão em evidência e que os componentes mais procurados são a Vitamina C e o Ácido Hialurônico. 

Figura 5: Gráfico de termos relacionados

Skincare como rotina

Ao utilizar a nuvem de palavras quanto ao tema Skincare, ela nos traz em destaque os momentos, como e o que é utilizado na rotina de autocuidado. 

Figura 6: Worldcloud 

Temos também, as expressões que se popularizaram na rotina de Skincare, tais como “Uma mulher com Skincare em dia não quer guerra com ninguém!” ou  “Skincare > Banho > Quarto > Incenso > Paz” e ainda “Uma mulher com unhas e sobrancelhas em dia não quer guerra com ninguém!”

Figura 7 : Termos correlacionados

Skincare X Make 

É possível perceber a presença dos termos make ou maquiagem em diversas interações, estando dentro do contexto de autocuidado e o amor próprio. 

Criamos um duelo de termos para poder entender o que está sendo falado em cada um desses temas no mês de Maio. 

Figura 8: Duelo de termos Skincare x Make

Olhando de uma forma geral é possível perceber que o termo Skincare está associado com a procura pelos produtos que fazem parte da rotina, com os componentes que contém e aos tipos de peles e efeitos que podem trazer. 

Enquanto isso, o termo Make está associado com a procura por tutoriais, marcas e origem do produto. 

Figura 9: Agrupamento de termos similares

Explorando os termos mais comuns entre os dois temas podemos observar a presença de: protetor solar – da rotina de skincare – e o produto base – da maquiagem. Além disso, dois participantes do BBB – o Gil e a Juliette – também se apresentam em comum entre os temas; ainda em confinamento na casa, Gil e Juliette foram destaques quando o assunto era Skincare e Makes, protagonizando momentos de autocuidado e mostrando a rotina durante todo o reality show.

Considerações finais 

Assim como nossa saúde física, nossa saúde mental precisa estar em dia. O autocuidado é uma das formas de se preservar a saúde emocional e o Skincare se tornou uma rotina de amor próprio, uma forma terapêutica de se preservar física e emocionalmente em tempos de pandemia.

Ao pesquisar sobre o tema, foi possível medir um pouco sobre como ele vem sendo abordado e sobre o aumento da preocupação dos consumidores em entender mais a fundo cada produto, desde seus componentes até posicionamento das marcas. Esse costume gera uma boa prática das pessoas entenderem o que consomem através da leitura de rótulos, da pesquisa da marca, da origem do produto, fazendo com que as marcas comecem a se preocupar mais com seus consumidores, meio ambiente e boas práticas. 

Podemos observar que foi um assunto que cresceu muito desde o início do isolamento social e trouxe um conhecimento mais aprofundado – envolvendo os componentes, os cuidados, os produtos e passo a passo – que cada um pode ter consigo. Além disso, é possível ver que essa rotina está associada ao bem estar e que é uma prática que pode ser levada para o dia a dia das pessoas, trazendo inúmeros benefícios físicos e emocionais.

Autor

Nathalia gosta de viajar, está pronta para qualquer passeio. Essa paulistana também gosta de doces, não na mesma intensidade. Falar em intensidade, ela é de um dos signos mais comunicativos do zodíaco, talvez isso não seja tão importante. Nathalia faz parte do time de Atendimento ao Cliente da Stilingue, e pode usar à vontade sua capacidade de se relacionar com as pessoas, conversar e entender os dois lados. Ela é formada em Publicidade e Propaganda e em seu tempo livre gosta de ir à praia e estar com os amigos.

Escreva um comentário