No último dia 28/5, Leonardo Fazio, Marketing Manager da Privalia Brasil se juntou a nossa Sales Director, Adriana Karpovicz, para comentar sobre as mudanças e novas necessidades do consumidor no campo das compras online. O quarto episódio da série Insight Tellers está disponível no nosso canal no Youtube para você assistir na íntegra!

Mas, separamos aqui também alguns dos pontos que foram levantados pela dupla. Confira!

Pandemia e compras online

A pandemia Covid-19 impulsionou a ressignificação de vários setores de consumo. E não foi diferente para a Privalia. No caso do e-commerce, Leonardo contou que logo no início da pandemia, sua equipe conseguiu identificar uma mudança comportamental geral, com novos hábitos dos consumidores. Perceberam que, por exemplo, o acesso online fortalecido primeiramente para busca de informações, foi logo migrando para outros canais, e, assim, o consumo por impulso ou até por mesmo necessidade se tornaram novas oportunidades para a marca.

O momento de isolamento foi um convite para pensarmos novas formas de consumo. Moda continua sendo o centro da nossa atuação, não houve queda neste segmento. Mas percebemos também que o consumidor começou a olhar para segmentos que antes não olhava: itens para home office, decoração, alimentos e bebidas. Categorias não tão usuais. (…) Então, se antes tínhamos 350 marcas anunciadas, hoje (pós-início da pandemia) temos 500. Registramos também um aumento de 45% de campanhas, todas influenciadas pelos desejos dos consumidores“, contou Leonardo.

Conteúdo de qualidade no centro

Percebendo a singularidade do momento, a Privalia identificou que o momento não exigia apenas venda direta e oferta de produtos: “como entregar valor para o mercado, para as empresas, para os usuários e para a sociedade como um todo?“, questionaram. 

O momento trouxe uma nova reflexão e com ela, um posicionamento apartado dos interesses centrais do business: produção de conteúdo de cunho e papéis sociais. Para isso, questionaram usuários com intuito de mapear assuntos eram de interesse e de que forma eles buscavam entretenimento neste novo cenário.

Nós lançamos a campanha ‘#FicaemCasa, nós faremos companhia’. Entendendo os termos mais falados nas redes, transformamos em lives de conteúdos no Instagram. Falamos de vinhos, dicas de maquiagens, bate papo sobre mães, filmes e até mesmo aulas fitness. Foi um grande aprendizado dia-a-dia de ouvir nossos clientes“, comemorou.

E por falar em ouvir a audiência

A importância de ter agilidade e assertividade nas tomadas de decisão é uma questão que permeia líderes de todas as áreas de atuação, principalmente, no que diz respeito às redes sociais.

Observar o comportamento dos clientes, trazer para a realidade da marca e refletir na estratégia é um dos grandes ensinamentos que Leonardo apresentou durante o webinar.

Sem consumidor não existe empresa, não faz sentido fazermos tantas ações que não sejam relevantes para as pessoas. Por isso, observem os clientes, escutem o que eles estão falando e, principalmente, reflita o que motivou esses pensamentos e falas. E, se possível, compartilhe com terceiros para poder ampliar e amplificar as ações“, sugeriu.

Mas, o que esperar do futuro?

Está cada vez mais difícil falar de futuro. Mas a gente tem certeza que as pessoas se permitiram mais testar o e-commerce. Testar até em categorias que antes não pensavam ou tinham dificuldades: compra de ovos, vinhos, sofás, itens de farmácia, por exemplo. Fomos convidados a arriscar mais na compra online, e sabemos que, perdendo o medo, você se torna heavy user. O e-commerce tem uma mega oportunidade e as empresas têm que começar a pensar em estratégias mais integradas“, finalizou Leonardo.

Para conferir o webinar na íntegra, acesse:

Se você se interessou por este artigo, leia também:

Insight Tellers – ep 2: O papel fundamental do monitoramento na gestão de crises

Insight Tellers – ep 3: Monitoramento estratégico para startups

Autor

Camila Harumi é formada em jornalismo e está no mercado de comunicação digital desde 2013. Traz experiências com gestão e capacitação de equipes, e já atuou como BI, CM, redatora e com Social Listening, principalmente em gestão e prevenção de crise de imagem. Participou também de projetos como eleições presidenciais 2014 e Olimpíadas.

Escreva um comentário