Drops do mercado | Julho 2020

Durante o momento que enfrentamos a pandemia a população se viu obrigada a ficar mais tempo dentro de suas casas.

Como resultado algumas formas de entretenimento foram essenciais para a manutenção da saúde mental da população.

Essa tendência é refletida através do aumento das vendas de jogos e brinquedos no e-commerce reportando um aumento de 434,70%, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e a Konduto.

Dado o momento de relevância da categoria podemos observar qual foi o relacionamento do consumidor através das mídias sociais sobre o brinquedo.

Tendência

Publicações ao tempo | Período: 01/mar a 12/jul

O gráfico a cima reporta o crescimento durante os meses iniciais a pandemia, levando a um crescimento de 23% em abril contra março.

O elevado número de publicação no final de abril, dia 25, foi referente a live que a cantora Ivete Sangalo fez e sua plateia era composta pelos brinquedos dos seus filhos levando um algo engajamento pela originalidade.

Canais

A primeira vista canal que concentra a maioria das publicações sobre o contexto de brinquedos é o Twitter, em segundo lugar o Facebook, seguido do Youtube, Instagram e Reclame Aqui.

Perfil e dispositivo

A mulher é predominante nas publicações e o celular é o dispositivo principal como também surge o computador como meio de publicação.

Através do dispositivo computador podemos encontrar o Youtube como principal canal onde há publicações de videos ensinando a criar o seu próprio brinquedo.

O que estão comentando?

Período: 01/mar a 12/jul
Gráfico: Termos relacionados do Radar STILINGUE
Como ler o gráfico: os termos do centro são os mais conectados com a comunidade, mas suas extremidades contam diferentes histórias. Já o tamanho dos círculos indicam a relevância dos assuntos nas discussões

Primeiramente o brinquedo está relacionado principalmente aos filhos e o tempo que os pais se dedicam em casa durante a quarentena.

Bem como há compartilhamentos dos pais mostrando os cantos da casa que dedicaram uma para espalhar os brinquedos, assim como dicas de decoração de especialistas para uma melhor adaptação do ambiente.

Ao mesmo tempo temos microempreendedores comunicando a disponibilidade de oferecer os produtos de maneira fácil, como compra através da redes sociais.

Por fim uma curiosidade no universo de brinquedos é uma grande quantidade de publicações sobre o mundo de animais de estimação.

Considerações

A tendência que vimos sobre o universo de brinquedo é relevante para que a marca esteja em linha com a demanda atual, através de brinquedos recreativos para que o pais tenham um momento de qualidade e as crianças tenham sempre um estimulo já que não estão interagindo com outros círculos sociais fora a família.

Ao mesmo tempo que os ambientes das casas passam por adaptações para receber os brinquedos e que a criança tenha espaço para desenvolver o seu aprendizado havendo, portanto, a necessidade de reforma.

Autor

Pâmela Gonçalves é formada em Relações Internacionais e trabalha com pesquisa de mercado desde 2011, quando começou sua carreira na indústria de bens duráveis. Como parte da sua jornada já trabalhou em instituto de pesquisa e traz experiência de diversos setores do mercado e atualmente atua como BI aplicando o social listening para capturar as mais variadas tendências.

Escreva um comentário