Quando falamos em consumo consciente, a primeira coisa que vem à cabeça para a maioria das pessoas é a sustentabilidade. É verdade, sustentabilidade, meio ambiente e consumo consciente são temas que convergem muito. Mas você saberia o que é o consumo consciente e como estar por dentro desse conceito pode abrir portas para um público exigente que vai ganhando força a cada dia?

De acordo com um artigo publicado no site Grow Ensemble, de Jennifer Nguyen em novembro de 2020, o conceito de consumo consciente começou na década de 70. O artigo diz que o consumo consciente ocorre quando as práticas de compra são impulsionadas pelo compromisso de tomar decisões de compra com impacto social, econômico e ambiental positivo. Há também alguns indícios que apontam o conceito moderno de “dollar voting” que podem ser rastreados ainda mais em 1954, quando o economista James Buchanan afirmou que a participação individual na economia é uma forma de democracia pura, em seu artigo Individual Choice in Voting and the Market.

Um checkpoint chamado Conscious Consumer Spending Index, foi feito para medir o sentimento do consumidor sobre o consumo consciente. E o resultado mostrou que a pandemia despertou um senso coletivo de propósito após uma queda de três anos do apoio ao consumismo consciente. Para explorar o resto dos dados, você pode acessar o site.

Para esta pesquisa, foi utilizada a plataforma STILINGUE, cujos dados coletados no período de 20 de fevereiro de 2021 a 20 de maio de 2021 serviram de base para a análise com foco em questões como consumo consciente, indústria da beleza, causas sociais e meio ambiente.

Dados Gerais

Seguindo as questões mencionadas acima, o gráfico de pizza denominado Distribuição por Canal mostra uma representatividade massiva desses temas no Twitter.

Imagem 1: Gráfico de Distribuição de Canais War-Room STILINGUE

O Twitter é uma rede social que tem fama de ser um ambiente livre para expressar opiniões e posicionamentos. Quando se trata de questões políticas ou de um grande movimento como o consumo consciente, é interessante entender onde o público está concentrado.

Além disso, a maioria das publicações neste filtro são positivas, conforme mostra a parte verde do gráfico abaixo, estas representam quase a metade.

Imagem 2: Gráfico de Distribuição por Sentimento do War-Room STILINGUE

Dentre essas publicações, muitas delas trazem conteúdos sobre curiosidades da natureza e campanhas de marcas também com foco no Dia da Terra.

As consideradas negativas pela STILINGUE são publicações que alertam sobre o impacto causado no mundo quando a humanidade não se preocupa com a pauta ambiental. O que significa que as pessoas, principalmente os consumidores, estão cada vez mais preocupadas com as questões ambientais.

Repercussão do Dia da Terra

No período de 20 de fevereiro a 20 de maio foram coletadas 113.880 publicações.

Imagem 3: Gráfico de Publicações ao longo do tempo do War-Room STILINGUE

Existe um pico no gráfico acima, representando mais de 34.000 publicações em um dia. O que aconteceu neste dia? No dia 22 de abril é comemorado o Dia da Terra desde 1970, cujo principal objetivo é conscientizar as pessoas sobre a importância da proteção ambiental. Sobre o Dia da Terra, o EARTHDAY.ORG afirma que:

“Muitos eventos ambientais importantes aconteceram no Dia da Terra desde 1970, incluindo a recente assinatura do Acordo de Paris, já que o Dia da Terra continua a ser um dia importante e unificador a cada ano. A missão da EARTHDAY.ORG é diversificar, educar e ativar o movimento ambientalista em todo o mundo.”

Ao dar um zoom clicando no pico do gráfico correspondente ao Dia da Terra, é possível identificar muitas publicações de marcas se posicionando sobre o movimento e um número bem equilibrado entre os gêneros feminino e masculino.

Imagem 4: Gráfico de Gênero do War-Room STILINGUE

Isso mostra que a consciência ambiental é uma questão que não precisa ser direcionada apenas a um gênero específico e que as marcas podem tornar esse conteúdo útil para seu público-alvo independente do segmento.

Abaixo, está o Ranking de Influenciadores AAA, que mostra os principais publicadores de 20 de fevereiro a 20 de maio de assuntos como Meio Ambiente, relacionado a Causas Sociais e Beleza considerando três pilares: Atratividade, Afinidade e Alcance.

O Ranking de influenciadores AAA é uma pontuação proprietária da STILINGUE que indica a relevância dos usuários com influenciadores potenciais de acordo com os parâmetros definidos na configuração da pesquisa.

Imagem 5: Influenciadores Ranking AAA do War-Room STILINGUE

O Ranking de Influenciadores AAA mostrou uma diversidade de pessoas e marcas comentando sobre o meio ambiente, principalmente sobre o Dia da Terra, e entre essas pessoas estão celebridades como Camila Cabello, Niall Horan, Shakira e a ativista Greta Thunberg. Outra curiosidade foi a presença da empresa Natura no ranking e grande repercussão ao se posicionar sobre o assunto que será detalhado a seguir.

Termos frequentes na pesquisa

Ao analisar o gráfico de Distribuição de Termos, é possível identificar alguns termos que aparecem com certa frequência: são eles climate, cruelty free and earth day.

Imagem 6: Gráfico de Distribuição de Termos do War-Room STILINGUE

O termo climate ganhou destaque também no Dia da Terra, onde entre os principais publicadores estão a ONG Greenpeace e a ativista Greta Thumberg, que vem fortalecendo o tema desde sua primeira aparição, em 2018, na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas. 

Ao clicar no termo Cruelty Free, além de um pico no Dia da Terra, também há um pico no dia 19 de abril. Isso porque em 8 de abril a campanha Save Ralph foi lançada, mas de acordo com nossos dados, essa campanha se tornou viral em 19 de abril.

Imagem 7: Gráfico de Evolução ao longo do tempo do War-Room STILINGUE

Save Ralph é um curta-metragem que conta a história de Ralph, um coelho humanizado que serve como animal de teste em uma empresa de beleza. A Humane Society International (HSI) se reuniu com cineastas e estrelas de cinema de Hollywood para pedir o fim dos testes de cosméticos em animais e criou o curta #SaveRalph. Feito em stop motion, o filme dirigido por Spencer Susser mostra a rotina de um coelho utilizado em procedimentos em nome da beleza. Ele descreve cicatrizes, problemas de saúde e outras consequências de ser usado para testes de laboratório.

Os consumidores do setor de beleza estão cada vez mais atentos às marcas que utilizam para buscar o consumo consciente. Aprofundando-se na data de 19 de abril (onde há um pico de menções ao termo Cruelty Free) é possível ler outros termos relacionados ao Cruelty Free. Dentre eles é interessante destacar os seguintes: List of Brands e Save Ralph.

Imagem 8: Gráfico dos Termos Relacionados do War-Room STILINGUE

A Revista Entrepreneur diz que:

“Na narrativa cruel de Save Ralph, eles também explicam que toda a família trabalhou e morreu fazendo o mesmo “trabalho”, além de ressaltar a crueldade que submetemos aos animais “porque os humanos são mais importantes”.

Para fechar o corte, surge a frase que diz: “Nenhum animal deve morrer e sofrer em nome da beleza”.

Ao contrário do gráfico de gênero que envolve todo o universo do meio ambiente mostrado anteriormente, o gráfico a seguir focado no termo Cruelty Free, que é o segundo mais citado no ranking de Distribuição de Termos, existe uma presença massiva do gênero feminino. Isso porque Cruelty Free é citado principalmente na indústria da beleza, como marcas de cosméticos e maquiagens.

Imagem 9: Gráfico de Gênero do War-Room STILINGUE

O termo List of Brands mostrado no Gráfico de Termos Relacionados considera que muitos perfis expuseram nas redes sociais uma lista de marcas de maquiagem e cosméticos que não são Cruelty Free, ou seja, que aplicam testes em animais.

Na contramão das marcas que vendem produtos testados em animais, está a Natura. Não foi por engano que a Natura apareceu no Ranking de Influência AAA, multinacional brasileira de cosméticos que conquistou o selo The Leaping Bunny em setembro por ser uma marca Cruelty Free. A empresa também é a maior marca de cosméticos brasileira segundo relatório da Forbes em 2020.

Explorando os termos correlacionados

Outro ponto importante a ser destacado de 20 de fevereiro de 2021 a 20 de maio de 2021 é o movimento que luta pela não extinção das abelhas. Muitos portais como o Eco Watch relatam que estamos enfrentando um Colapso Mundial das Abelhas. De acordo com os cientistas, os fatores que estão matando as abelhas são os pesticidas, a seca, a destruição do habitat, o déficit nutricional, a poluição do ar, o aquecimento global e muito mais.

As abelhas são responsáveis ​​pela polinização, então sua extinção afeta diretamente a alimentação das pessoas. Há um dado mencionado em um texto no site do Greenpeace que diz que frutas, nozes e vegetais são polinizados por abelhas e setenta das 100 principais colheitas alimentares – que fornecem cerca de 90 por cento da nutrição mundial – são polinizadas por abelhas.

Imagem 10: Gráfico de Termos Correlacionados do War-Room STILINGUE

Entre os termos que aparecem no gráfico de termos correlacionados, os mais populares são sobre abelhas como Worldbeeday, Worldbeeday2021, Bees e Savethebees. A causa tem muitos apoiadores, incluindo celebridades como Angelina Jolie, que estrelou uma campanha pela preservação das abelhas onde fez um ensaio fotográfico coberto de abelhas. Você pode ver a sessão de fotos aqui. Outra celebridade que se posiciona contra a não extinção das abelhas é Morgan Freeman, que transformou sua fazenda de 124 Acre em um santuário de abelhas gigantes – para saber mais detalhes clique aqui.

Duelo de Termos

Abaixo está o gráfico de Duelo de Termos, que mostra os termos mais relevantes associados a Beauty e Social Causes:

Imagem 11: Duelo de Termos: Beauty x Social Causes do War-Room STILINGUE

A imagem abaixo mostra o lado esquerdo do gráfico que corresponde ao tema Beauty. Dentro deste tema existem alguns termos para destacar como more cruelty free, cosmetics, stopanimaltesting, skin care, clean beauty, non toxic, free brand, natural skincare, animal testing, cruelty, becrueltyfree, plant based e Save Ralph. 

Imagem 12: Gráfico Duelo de Termos: Beauty do War-Room STILINGUE

Esses termos que foram destacados reforçam mais uma vez que o comportamento do consumidor está mudando. Ao falar sobre Social Causes, é possível constatar também o quanto a população se preocupa com o meio ambiente e com produtos ecologicamente corretos.

Imagem 13: Gráfico duelo de termos: Social Causes do War-Room Stilingue

Focando no lado direito do gráfico, que corresponde ao tema Social Causes, também há alguns termos a destacar: save the bees, climate justice, plastic free e more eco friendly.  Skin, free products, beauty e planet  são alguns exemplos muito citados quando os dois temas convergem, como mostra a imagem abaixo:

Esses termos em comum reforçam os insights anteriores sobre o aspecto consciente e sustentável de uma nova onda de consumidores e trazem esse conceito para o universo da beleza que está ficando cada vez mais forte.

Conclusão final

Após este estudo, com base em dados coletados na internet, é possível compreender que há uma nova onda de consumidores e que ela vem aumentando com a atual situação socioeconômica. Estes consumidores têm buscado ter consciência do que compram e conhecer toda a cadeia produtiva que suas mercadorias passam até chegarem a eles. Por isso, obter certificações ou selos sustentáveis ​​e exercer uma conduta transparente com os consumidores finais tem sido cada vez mais essencial.

Esse estudo foi feito analisando dados em inglês coletados pela plataforma STILINGUE.

Autor

Livia é graduada em Engenharia de Produção desde 2016, após experiências na área industrial e um pouco cansada da rotina engessada que a área lhe proporcionava, resolveu mudar de vida colocando um antigo sonho em prática: morar fora do país. Passou 4 anos morando na Nova Zelândia e Alemanha e após esse período de autoconhecimento decidiu estudar Marketing e Experiência do Cliente. Hoje além de atuar na área de atendimento ao cliente, mantém o propósito de gerar impacto positivo social desde 2013 através de trabalhos voluntários com foco em desenvolvimento profissional. Livia acredita que autoliderança é uma habilidade que todos deveriam ter e que nunca é tarde para se reinventar.

Escreva um comentário