No último dia 21/5, foi ao ar o terceiro episódio da série de webinar da STILINGUE intitulada Insight Tellers. Nossa Customer Success Manager Gabi Priante conversou com Carol Campos, da QueroBolsa sobre monitoramento estratégico para startups.

Confira alguns destaques:

Importância da adoção de uma ferramenta omni-channel para unificar e associar diferentes frentes de trabalho

Startups têm um desafio comum que é crescer muito e em uma velocidade muito rápida. Muitas vezes, o impacto desta dinâmica recai sob a não adoção de processos estruturados.

No caso da QueroBolsa, Carol comentou que sua equipe era antes dividida em duas frentes desassociadas: conteúdo e atendimento. Porém, quando decidiram unificar em Marketing, as áreas de social media e relacionamento com o cliente, e mais do que isso, em uma ferramenta única, a QueroBolsa vivenciou um ganho muito significativo em estruturação de dados. 

“A partir do momento que conseguimos trazer dentro do time de Marketing toda uma estratégia unificada em uma plataforma, ganhamos muita eficiência. Hoje, a gente tem um time menor que consegue entregar mais e fazer ponte com outras áreas da empresa. Todas as áreas entendem o contexto de social media e se retroalimentam. Tudo no mesmo time fez com que a gente evoluísse muito”, confirmou.

Entender o cenário atual e se adaptar

Em uma realidade que está sempre se alterando, entender o contexto em que se está inserida é de grande valia para qualquer empresa. No caso de startups, pode ser ainda o fator decisivo para sua sobrevivência.

Com a pandemia Covid-19 e a adoção do isolamento social, a QueroBolsa identificou um novo entendimento por parte dos brasileiros a respeito do serviço de ensino à distância (EAD).

Por isso, eles se apoiaram no momento para aumentar e disponibilizar mais informações sobre a modalidade, ampliando também conteúdos sobre educação de uma forma geral. 

“Hoje em dia, vale muito falar o quanto as redes sociais são importantes e moldam. As pessoas se informam via redes sociais. Hoje, o Facebook e o Youtube se tornaram canais de busca. A partir do momento que acompanhamos o que elas dizem e querem, isso se torna insumo para produção de conteúdo. Isso vai além de querer vender e fazer propaganda direta: quando você leva conteúdo relevante para uma pessoa, ela vai confiar na sua marca e isso, no futuro, vai ajudar seu NPS”, constatou.

Definir, acompanhar e atualizar KPIs

“Ao invés de ser reativo, é importante você entender o que está acontecendo e como sua empresa consegue identificar uma oportunidade. Os KPIs em social são mutáveis, mas nós olhamos muito para o quanto a gente consegue se fazer entender”, aprendeu Carol.

No caso da QueroBolsa, com todo conhecimento in-house, a equipe conseguiu atrelar os dados provenientes de social com bancos de informações internos, tornando assim, as métricas de sucesso de marketing o mais relacionadas possível com os objetivos de negócio da empresa.

Por fim, Carol deixou uma mensagem a todos que vivem a rotina incansável e feroz das startups:

“Para startups que têm essa pressão tão grande por crescimento, ou para empresas da área de Educação: as redes sociais cresceram muito e as pessoas levam para lá muito do que elas querem, de quem elas são, de seus anseios. Ali a gente consegue identificar muitos insumos para organizar e solucionar suas dores e, assim, levar um valor real para elas. E, no fim, ela vai se lembrar de você e da sua marca, ela saberá que pode contar com você e isso acaba se disseminando.”

Para conferir o webinar na íntegra, acesse:

Se você se interessou por este artigo, leia também:

Insight Tellers – ep 2: O papel fundamental do monitoramento na gestão de crises

Insight Tellers – ep 4: Acompanhando as necessidades do consumidor por compras online

Autor

Camila Harumi é formada em jornalismo e está no mercado de comunicação digital desde 2013. Traz experiências com gestão e capacitação de equipes, e já atuou como BI, CM, redatora e com Social Listening, principalmente em gestão e prevenção de crise de imagem. Participou também de projetos como eleições presidenciais 2014 e Olimpíadas.

Escreva um comentário