Drops do mercado | Dezembro 2020

Com a adoção do home office e o ensino à distancia impulsionado pela pandemia em 2020, muitos brasileiros se depararam com a necessidade na compra de produtos para conseguirem operar desde suas casas.

Um dos produtos em pauta é o tablet, item que em alguns casos substituem o notebook, que acaba sendo mais caro para o consumidor final.

Segundo a empresa de tecnologia, Positivo, a venda do produto aumentou exponencialmente em março, logo no início da pandemia.

Ainda, segundo dados da consultoria Canalys, as vendas globais de tablet no primeiro trimestre de 2020 cresceu 43% comparado com o mesmo período do ano passado, único período em crescimento desde 2015.

E através das publicações nas redes sociais também conseguimos identificar crescimento das citações sobre tablet.

Publicações no tempo do War-Room STILINGUE

O aumento das publicações começou a partir de meados de março, apresentando 40% de crescimento contra o mês anterior.

O primeiro pico, dia 14 de abril, devido a comunicação da TV Record anunciando que o canal agora estava disponível pelo aplicativo e que poderia ser acessado também pelo tablet.

Logo no inicio de junho o cartao do presidente da República foi divulgado e muitos levantaram uma lista de itens que comparariam, onde tablets era um deles.

E o maior pico, dia 15 de setembro com o evento da Apple que anunciou os novos modelos do iPad, dia que teve 77% de publicações a mais que no dia do lançamento do novo tablet da Samsung dia 05 de agosto.

Pautas

Termos Correlacionados do War-Room STILINGUE

Vemos que a Samsung está sendo mais citada recentemente em que os consumidores perguntam quando irão ganhar um Galaxy Tab S6 e ainda questionam quando chegará o novo produto, o S7.

Ainda sobre o Galaxy Tab S6, vemos citações sobre a caneta que faz parte do produto, alguns consumidores comentam que preferem a Samsung do que a Apple que não inclui a caneta, além de ser um produto caro segundo os consumidores.

O uso do tablet foi citado em diversas situações, entre aqueles que desenham para hobby ou trabalho, como também para leitura e estudos.

A marca mais presente no contexto de tablets é a Apple com 13% das citações enquanto que a Samsung teria 8% e Xiaomi com 2%.

Considerações

O aumento de vendas pode ser explicado através do comportamento humano que é compartilhado através das redes sociais, portanto, monitorar o produto e não apenas a sua marca pode trazer novas necessidades que antes não eram mapeadas.

Autor

Pâmela Gonçalves é formada em Relações Internacionais e trabalha com pesquisa de mercado desde 2011, quando começou sua carreira na indústria de bens duráveis. Como parte da sua jornada já trabalhou em instituto de pesquisa e traz experiência de diversos setores do mercado e atualmente atua como BI aplicando o social listening para capturar as mais variadas tendências.

Escreva um comentário