Existem diversos caminhos para os insights gerados através de dados do Social Listening, um deles ainda pouco conhecido é a otimização de mídia.

A combinação do que é dito nas redes sociais pelo seu target e os direcionamentos oferecidos pelos canais de anúncio deixam suas campanhas de mídia ainda mais assertivas, com performances alavancadas e taxas melhoradas.

A análise dos dados de canais que recebem interações pode ter várias funções na hora de planejar e otimizar seu plano de mídia, como:

  • Eleger posts orgânicos para serem patrocinados;
  • Identificar termos mais falados e transformá-los em palavras-chave;
  • Localizar potenciais parceiros e veículos.

Ao longo desse artigo, vamos passar por algumas dessas possibilidades de Social Listening e conhecer outras que te ajudarão a otimizar seu investimento em mídia.

Definindo palavras-chave para seu anúncio

3 dados de Social Listening que vão otimizar suas campanhas de mídia | Gráfico 1: Onde estão falando?
Gráfico 1: Onde estão falando?

Use dados geográficos para entender diferenças sutis de comportamento do consumidor por regiões. Com essa visualização que aponta os termos mais ditos por cidades, otimize as palavras-chave das campanhas geolocalizadas.

Um profissional de mídia que tem acesso a esse monitoramento consegue combinar melhor seus públicos-alvo às peças patrocinadas, deixando o clique ainda mais atrativo. 

Usando Social Listening para escolher veículos e canais

3 dados de Social Listening que vão otimizar suas campanhas de mídia | Gráfico  | Gráfico 2: Distribuição por interesse
Gráfico 2: Distribuição por interesse

O gráfico de interesses é uma ótima forma de priorizar veículos nas suas campanhas de mídia. Com ele, é possível entender os assuntos mais atrativos para o seu target, independente da relação dessa pauta com o seu produto ou serviço. Use-o para eleger páginas que tenham mais relevância para o público na sua campanha de mídia programática, por exemplo. 

Este dado também pode ser usado como voto determinante na hora de decidir e distribuir verbas entre influenciadores. Depois de analisar os perfis e entender seus atributos (como atratividade ao conteúdo, afinidade com a pesquisa e alcance (uma metodologia exclusiva STILINGUE conhecida como Ranking AAA, usada para compor o grau de influência de um usuário), combine esses fatores com os interesses do target para decidir qual influenciador receberá a maior fatia da verba ou se a distribuição será igualitária.

Além disso, dependendo da sua necessidade, a combinação com outros dados (que pode ser feita facilmente através do filtro STILINGUE) deixa sua campanha ainda mais segmentada.

Uma finalidade para essa estratégia é estudar a diferença de interesses entre os gêneros e elaborar campanhas diferentes para os públicos. Ainda é possível ir além: estenda a comparação para pautas e termos mais usados por cada um e deixe seus anúncios mais assertivos e otimizados.

Direcionando melhores formatos para anunciar

3 dados de Social Listening que vão otimizar suas campanhas de mídia | Gráfico 3: distribuição por dispositivo
Gráfico 3: Distribuição por dispositivo

Um dado básico, mas muito determinante na hora de escolher os melhores formatos para as suas peças publicitárias, é a distribuição dos termos por dispositivos.

Entender se o seu target usa mais computadores ou celulares facilita o direcionamento para o time criativo, que distribuirá seus esforços para peças que convertem mais em cada uma das situações.

Esse levantamento também determina sua distribuição de verba, aumentando a frequência nos aparelhos mais usados pelo público e melhorando a experiência da jornada desenhada para atingi-lo.

E você, usa dados de Social Listening na sua rotina para otimizar seus anúncios? Comente aqui, vamos adorar conhecer seus casos de uso!

Autor

Maynara Ribeiro é formada em Publicidade e Propaganda e atua com marketing digital desde 2013. Durante esses anos, com foco nas áreas de estratégia, conteúdo e gestão de comunidades, traz na bagagem o desenvolvimento de campanhas para clientes dos mais variados portes e segmentos.

Escreva um comentário