Drops do mercado | Agosto 2020

Quando os restaurantes passaram a operar somente no formato de entrega muitos se viram na necessidade de se reinventar através do canal.

E uma das saídas foi oferecer o prato feito, comumente conhecido como marmita entre os clientes.

Esse movimento de marmita está em crescimento, em cinco anos tivemos um aumento de 134%, segundo o Ministério da Economia.

Como vemos essa tendência através das mídias sociais?

Ao analisar um ano contra o outro, nos meses entre março e julho, o termo marmita e suas variações apresentam um crescimento de 39% no volume das publicações.

Em 2020, quando analisamos os canais, o Twitter é o principal concentrando 67%, em segundo lugar o Facebook 27% e Instagram em terceiro com 4%.

Os perfis que publicam sobre a temática é bem equilibrada 54% os homens e 45% as mulheres.

Mas será o que o mercado mudou de 2019 para 2020?

Período: março a julho 2019 e 2020
Gráfico: Termos relacionados do Radar STILINGUE
Como ler o gráfico: os termos do centro são os mais conectados com a comunidade, mas suas extremidades contam diferentes histórias. Já o tamanho dos círculos indicam a relevância dos assuntos nas discussões

Nos termos acima podemos encontrar que em 2020 há uma possível preocupação maior com alimentação saudável através de publicações contendo dicas de marmita fit, reportando um crescimento de 64% no volume de menções de um ano contra o outro.

Por outro lado também encontramos o prato tradicional, o arroz e feijão, comumente oferecido pelos restaurantes.

Ainda, um aspecto que aparece em evidência em 2020 é o delivery, onde os restaurantes anunciam o menu e em especial no horário do almoço, o movimento apresentou cinco vezes mais publicações que o mesmo período do ano passado.

Em contrapartida enquanto alguns pedem delivery outros preparam a marmita em casa para levar ao trabalho para de alguma forma conseguirem economizar.

Considerando a opção de economizar também vemos que profissionais autônomos estariam produzindo marmita como forma de complemento da renda familiar, através do termo vender marmita.

Considerações

Por fim, o movimento de marmita em crescimento pode mostrar que a praticidade e economia está dentre os benefícios, além da preocupação em manter uma alimentação saudável. Ainda podemos levantar a possibilidade de inovação dos produtos congelados que são oferecidos nos supermercados.

Autor

Pâmela Gonçalves é formada em Relações Internacionais e trabalha com pesquisa de mercado desde 2011, quando começou sua carreira na indústria de bens duráveis. Como parte da sua jornada já trabalhou em instituto de pesquisa e traz experiência de diversos setores do mercado e atualmente atua como BI aplicando o social listening para capturar as mais variadas tendências.

Escreva um comentário