Na análise abaixo, será apresentado como a pandemia refletiu diretamente no mercado de cinema e como trouxe à tona um modelo de negócio mais atual que vem tendo cada vez mais aderência em seu consumo: as plataformas de streaming.

Análise inicial

Avaliando menções em redes sociais sobre cinema no Brasil nos últimos 360 dias, percebem-se 3 picos de maior volume que apareceram em Agosto, Outubro e Dezembro de 2020.

Imagem 1: Gráfico de evolução no tempo

Narrativa sobre o cinema durante a pandemia

Majoritariamente, houve uma predominância entre portais de imprensa e blogs. Eles foram responsáveis por pelo menos 96% das publicações falando sobre o tema.

Imagem 2: Distribuição dos canais

Como foi dito no início do texto, houveram 3 principais picos e logo abaixo será possível identificar quais foram os termos mais falados e suas ligações com as publicações coletadas:

Em Agosto,  o surgimento do termo  Streaming ligado aos termos “Brasil” e “Cinema”, ocorreu principalmente por ter sido anunciado a chegada da Disney+ ao Brasil.  A grande mídia citava os benefícios da plataforma da Disney, falando um pouco sobre as grandes séries que faziam parte como Mandalorian e todo o acervo da Marvel disponível. 

O segundo tema de destaque na data foi o novo formato da mostra internacional de cinema em São Paulo.

Imagem 3: Gráfico de Termos Relacionados do Radar STILINGUE

O sentimento atribuído a este período foi majoritariamente (53%) positivo.

No segundo pico, em Outubro, surgiram termos que estão podem estar ligados a transformação que o setor precisou passar devido a pandemia:

Imagem 4: Gráfico de Termos Relacionados do Radar STILINGUE

Matérias citaram um estudo feito pela PwC Brasil onde destacou uma previsão de que a recessão, comparado a 2019, representava uma queda de 6,5% – o equivalente a R$2,5 Bilhões na receita. Mesmo com esse resultado pessimista, foi citado a migração para as plataformas de streaming, onde foi previsto um aumento de 33,8% somente em 2020. Para este período, 67% dos sentimentos atribuídos foram neutros.

No último pico, já em Dezembro, os termos que envolvem empresas de streaming ganharam seu destaque, principalmente por causa dos recentes anúncios:

Imagem 5: Gráfico de Termos Relacionados do Radar STILINGUE

Neste período, a Warner anunciou que em 2021 lançará, de forma simultânea, suas atrações no cinema e na HBO Max. Incentivando a migração para a plataforma, independentemente da flexibilização das normas de segurança para o uso das salas com as telonas. Este anúncio, segundo matérias coletadas na pesquisa, fizeram as ações das operadoras de cinema ao redor do mundo despencarem em aproximadamente 14%. Para este período, 39% dos sentimentos eram positivos.

Considerações:

A pandemia afetou toda a indústria de entretenimento, mas não foi de maneira uniforme. É possível perceber que as marcas de streaming ganharam relevância, sendo o isolamento um dos principais fatores, mas também pelas atrações cada vez mais exclusivas. 

O uso da ferramenta de Social Listening pode auxiliar a entender melhor o cenário buscado para te auxiliar na criação de uma estratégia para alcançar mais pessoas através da marca e serviços oferecidos.

Autor

Bruno Menezes estuda Processos Gerenciais e trabalha com atendimento ao cliente desde 2007, quando começou sua carreira em Varejo. Passou por grandes empresas de tecnologia e FinTech e atualmente coordena o Time de Atendimento ao Cliente da Stilingue com o objetivo conjunto de oferecer o melhor suporte com soluções de dúvidas sobre a ferramenta.

Escreva um comentário